domingo, 26 de julho de 2009

Saudade

Eu olho e vejo tanta coisa vivida em quinze anos de idade, e acho incrível a capacidade de depois desse tempo todo, perceber que encontrei o significado da palavra saudade. Não que eu nao saiba, lógico que sei o que é saudade; mais nao desse jeito, desse modo, dessa maneira. Eu me sinto bem e ao mesmo tempo mal, porque no momento em que vem a felicidade por estar em um lugar que eu sempre desejei rever, bate um sentimeno que chama-se saudade. Hoje, ontem, à doze dias.. eu conheci o verdadeiro significado dessa palavra. Sinto saudade do meu pai, da minha mãe, vó.. de amigos.. mas Essa saudade é diferente. Essa saudade que eu falo, que eu sinto.. é a saudade de uma pessoa que se fez e continua se fazendo a extrema importância na minha vida. A saudade dela é maior. É a tal saudade do amor. A saudade de beijar, abraçar, morder, apertar.. etc etc etc; mais nao qualquer pessoa, e sim Aquela pessoa. A que mesmo com tanto tempo de convivência [e que mesmo assim não é muito tempo] você nao cansa de ver ela, beijar ela. A pessoa em que voce necessita mesmo e só quando esta longe consegue perceber que realmente a sua vida nao faz mais sentido algum sem ela, que sem ela seu mundo parece parede sem muro.. e que sem ela a vida fica totalmente incompleta, de um modo que só esse amor consegue completar. É a saudade dele que eu sinto! E é tao forte ao ponto de sentir medo de que alguma coisa aconteça e que você perca aquele tão grande amor e que é de extrema importancia em sua vida. Medo de que por qualquer aventura, ele faça algo errado ou coisa parecida. Medo de perder a pessoa que você hoje, a coloca em primeiro lugar em tudo. E antes de pensar em qualquer coisa, concerteza ja estar a pensar nela. Eu tenho certeza que a minha pessoa jamais poderia imaginar o quanto essa saudade aperta, o quanto ela é grande e o quanto ela me mostra que o meu amor é a razão de tudo que possa existir hoje. E hoje, eu vejo como tudo pode mudar quando se gosta realmente de uma pessoa. Talvez nem milhares de palavras escritas com ortografia totalmente errada consigam expressar o que realmente é a saudade de um amor. Nem eu consegueria explicar o que realmente é. E tenho certeza que nem você! Alguma coisa do lado esquerdo do peito me diz que essa é uma palavra sem tradução e que não necessita de um mais...

"Eu fecho os meus olhos me vem o teu rosto
Teu sorriso meigo a tua voz, o teu gosto
Ah como eu queria poder te abraçar, te tocar.."

Um comentário:

Vilbert disse...

amorr! que munitãão ficou hem!? foi pra mim?! foi pra mim?! haa! precisa ficar com medo nenhum nao que eu to aqui te esperando quetinho tá bom? e também estou sentindo a mesma coisa que vc está sentindo agora! volta pra gente ficar juntinho volta?! *.* bejo na boca! minha gostosinha! ;D